5 ERROS FATAIS QUE O PEQUENO EMPRESÁRIO COMETE

Tempo de leitura: 5 minutos

Todo empresário comete erros o tempo todo, e a melhor forma de crescer e aprender é errando, mas há alguns erros cometidos pelo pequeno empresário que acabam inviabilizando seu negócio e complicando muito sua vida.

Talvez seja por esses erros que a maioria das pequenas empresas não passam do primeiro ano.

Neste artigo você vai conhecer 5 destes erros:

ADMINISTRAR SEM PLANEJAMENTO

Um negócio, antes de ser aberto, exige um planejamento e especialmente uma pesquisa de mercado.

Muitos riscos podem ser previstos, antes mesmo de abrir o negócio ou podem ser tomados ajustes para começar da melhor maneira possível.

É o plano de negócio, onde se define o produto, a proposta de valor, afirmação de valor, o público alvo ou o avatar, os investimentos, os custos, as receitas, enfim, todos os elementos que precisam ser pensados para o negócio funcionar de maneira exitosa.

Além do plano de negócios, para uma administração segura e rentável, o planejamento estratégico e de marketing são fundamentais, mesmo sendo uma pequena empresa.

Nele é feito a análise das forças, fraquezas, oportunidades e ameaças, além de entender os objetivos e metas do negócio.

E, por fim, montam-se os planos de ação que deverão ser seguidos para atingir os objetivos evitar retrabalhos, desperdício e frustrações pelo não atingimento das metas.

FALTA DE ELABORAÇÃO E ACOMPANHAMENTO DAS METAS

As metas fazem parte do planejamento. Sem uma meta clara e bem definida, não sabemos se chegaremos onde queremos.

A meta bem definida, de maneira clara e completa, em cada setor da empresa e desdobrada para que todos os envolvidos entendam a sua parte, materializa o sonho.

Dizer que quer ter lucro, não basta.  É necessário ter muito planejamento, organização, foco na ação e principalmente acompanhamento sistemático.

O acompanhamento permite tomarmos decisões pontuais para corrigir eventuais desvios que nos afastam da meta, além de gerar aprendizado e melhoria constante.

Uma empresa de sucesso tem metas de lucro, faturamento, investimentos, despesa, inadimplência, volume de vendas, satisfação dos clientes, satisfação dos colaboradores, entre outras.

NÃO TER PROCESSOS DESENHADOS  

As pequenas empresas geralmente são formadas por um pequeno número de funcionários, o que acaba gerando uma informalidade em tudo que fazem.

Desta forma, muitos empresários acham que não é necessário descrever os processos de como a empresa funciona, deixando tudo na cabeça das pessoas.

No entanto, muito do que é de responsabilidade de cada um é esquecido e nem sempre a reprodução é idêntica, quando um outro colega vai executar uma tarefa.

Recomenda-se descrever os principais processos, principalmente aqueles de produção dos produtos/serviços e de relacionamento com o cliente, para que sejam reproduzidos e ainda melhorados.

NÃO PRIORIZAR GESTÃO E LIDERANÇA DE PESSOAS 

Quando se contrata um funcionário a empresa precisa ter a estratégia e os processos bem definidos, para então alocar a pessoa contratada no local certo, com as competências certas.

Os requisitos e benefícios precisam ficar bem compreendidos pelo profissional, para que possa desempenhar da melhor maneira a sua função.

O funcionário contratado, antes de começar a realizar as suas funções, deve conhecer com profundidade seus processos de trabalho, além de ter uma visão da empresa como um todo, principalmente no que diz respeito a afirmação de valor para o cliente.

O funcionário que não estiver alinhado com os conceitos acima, dificilmente conseguirá trabalhar com qualidade, agregar valor a equipe e ao cliente e num espaço curto de tempo, poderá ser desligado ou pedir para sair.

NÃO ESTAR TOTALMENTE VOLTADA PARA O CLIENTE

Existe apenas uma razão para uma empresa ser criada. Satisfazer alguma necessidade de um determinado Avatar (cliente em potencial).

Se uma empresa não tiver clara qual a sua proposta de valor para o cliente, dificilmente terá êxito em seus negócios, pois não conseguirá vender nada.

Conhecer todos os passos para o relacionamento com o cliente, desde o momento em que chama a ATENÇÃO, passando pela fase de RELACIONAMENTO e ENGAJAMENTO até o momento de VENDER e ATENDER será o grande segredo para o sucesso.

Entender cada momento do relacionamento, além de saber usar a Internet com um dos principais meios para construir este relacionamento é certamente a chave para o crescimento dos negócios nos tempos atuais.

Atualmente, com a evolução das redes sociais e das facilidades que a Internet oferece, o empresário precisa estar atento para as ferramentas e novos métodos de fazer seu negócio funcionar, tanto interna quanto externamente.

E agora, depois de pensarmos nestas 5 questões importantes para o sucesso do seu negócio, como está a sua situação?

Será que sua empresa está planejando certo, com os devidos processos bem desenhados, colocando a pessoa certa no lugar certo, com desafios e metas corretos, além de manter o foco total no seu cliente?

E se você pudesse agora descobrir?

Imagine saber se você tem a estratégica certa para Atrair e Converter mais clientes?

Imagine se você sabe exatamente quem é o seu cliente?

Imagine ter um processo de relacionamento claro e muito eficaz com seu cliente?

Você pode descobrir tudo com o nosso DEC – Diagnóstico Estratégico Comercial – totalmente gratuito, basta você acessar e responder ao questionário, que terá o resultado no seu e-mail.

CLIQUE AQUI e SAIBA MAIS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *