Você tem criatividade? Saiba tudo neste artigo!

Tempo de leitura: 6 minutos

Criatividade, o que é? Como ter uma mente criativa, novas ideias e encontrar solução de problemas, com originalidade e inovação?

Quantas perguntas e quantas interrogações.

Será que a criatividade pode ser aprendida ou desenvolvida?

E, para finalizar a sessão perguntas: você acha que as empresas estão buscando pessoas criativas e que saibam usar a criatividade na solução de problemas?

Tenho certeza que você não tem nenhuma dúvida a esse respeito. Do contrário, você não estaria aqui, nos acompanhando desde o início. Vamos continuar!

Você tem criatividade?

Uma empresa inovadora é composta por pessoas inovadoras, que têm a competência da criatividade. Você é uma dessas pessoas?

Quando alguém lhe pede para fazer determinada tarefa, você simplesmente segue o manual e não pensa mais nisso?

Para que se dar a esse trabalho, não é? Se funciona e é aceito, por que “inventar”? Porque sempre é possível melhorar processos e procedimentos! Simples assim!

Encontrar solução de problemas usando a criatividade é algo tão fantástico, que é possível afetar, até mudar, todos os processos administrativos e produtivos de uma organização. E isso é importantíssimo!

Como desenvolver a criatividade na solução de problemas?

Ninguém nasce criativo. Não é um dom inato, mas é um talento que pode e deve ser desenvolvido e encorajado.

Porém, para ser criativo talvez seja necessário você possuir um BIP.

Você tem um BIP, não tem? Mas o que é esse BIP, onde eu compro? BIP não é uma coisa, um objeto, mas características pessoais:

“B” – Bom-humor

Bom-humor é essencial, mas não é a mesma coisa que brincadeiras em excesso. Trata-se de criar um ambiente organizacional agradável!

Bom-humor também importa em que líderes e liderados possuam um bom relacionamento, sem intrigas ou má vontade, uns para com os outros.

Bom-humor, em uma empresa, e em uma equipe, se traduz por alegria, prazer e disposição das pessoas ao exercer suas funções e entregar seus resultados.

“I” – Irreverência

Irreverência, aqui, tem o sentido de pensar fora da caixa! Mas, infelizmente, muitas empresas não encorajam esta característica!

Empresas inovadoras dão liberdade para que seus líderes e liderados estendam seus olhares para o que acontecendo fora da organização.

Ver o que os outros estão fazendo, de que forma estão fazendo e, principalmente, que resultados estão obtendo.

É o conjunto de todas as experiências vividas fora e dentro da empresa, que podem, e devem ser utilizadas para benefício próprio e, também, da organização.

Já não basta entregar os produtos que o cliente pediu, mas surpreendê-lo com inovações e valores agregados, simples, mas que possuem impacto importante na satisfação do cliente.

Não é possível, pelo menos é bastante improvável, você receber ideias inovadoras e criativas de pessoas reservadas e que não se relacionam muito bem com outras pessoas.

Pessoas “pra baixo”, introvertidas, não dão retornos criativos.

Daí a importância de se criar um clima organizacional agradável, preparado para o fluir de ideias criativas e originalidade. E isso só é possível quando líderes e liderados possuem bom relacionamento.

“Mas eu não consigo mudar”. “Eu sou muito tímido. Não gosto muito de contato social”. O que fazer? Mude! Mude e você verá portas e janelas se abrindo.

“P” – Pressão

Você sabe lidar com a pressão? Você, é lógico, já deve ter se sentido pressionado a apresentar determinado resultado ou resolver determinado problema.

Esse contexto é absolutamente normal e esperado! O xis da questão é saber como lidar com essa pressão, de forma positiva.

Prazos, cada vez mais curtos, qualidade, cada vez mais apurada, é o que o mercado exige atualmente. Hoje, quem determina as regras é o cliente!

Trabalhar sob pressão, por incrível que possa parecer, pode potencializar o nosso lado criativo!
Empresas que precisam entregar projetos com curtíssimos prazos, e são empresas inovadoras, precisam de equipes bem-humoradas e irreverentes.

A pressão, por si só, já é algo desagradável, e se ela tiver que ser gerenciada em um ambiente taciturno e pesado, é possível que nada de bom saia como resultado.

Desenvolver a criatividade

Ao contrário de outros processos de desenvolvimento pessoal, não importa na capacidade de criar estratégias mirabolantes, pelo contrário!

Quando desenvolvemos e exercitamos a nossa criatividade para encontrar a solução de problemas, o conhecimento acumulado por nós, faz com que as melhores soluções sejam as mais simples!

Por isso é necessário abrir a mente para o novo! Experimentar e se familiarizar com as inovações e os novos conceitos.

Também é importante não ter receio de apresentar novas ideias e propostas inovadoras. Basta que elas sejam factíveis e de fácil aplicação.

“Dar ideias, simplesmente para parecer que você está “comprometido” com a solução do problema. Só mostrará o quanto você está longe de fazer a diferença!”

Se você é um líder, sua principal função é a de cuidar do clima organizacional de sua empresa ou de sua equipe.

Assim garante que o bom humor e a irreverência estejam presentes em cada etapa do processo de encontrar solução de problemas, fomentando o surgimento de mentes criativas e auxiliadoras

E, já vencemos outra etapa! Falta pouco para completarmos nosso aprendizado sobre liderança!

Deixe seu feedback e tire suas dúvidas! Até o nosso próximo encontro!

 

Conheça Nosso Curso de Líderes

 

Conheça as 15 Competências do LÍDER

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *