Qual a sua principal meta na vida?

Tempo de leitura: 5 minutos

Você sabia que 97% das pessoas não tem nenhuma meta definida e escrita no papel?

Esta é uma constatação antiga, também representada em alguns estudos como em 1953. Estudiosos da universidade americana de Yale, fizeram uma pesquisa com todos os formandos daquele ano e perguntaram quem tinha meta na vida definida e escrita. Adivinhe: apenas 3% tinha.

O que é impressionante é que 20 anos depois os pesquisadores entrevistaram esses alunos. Constataram que os 3% não apenas estavam mais alegres, apaixonados e de bem com a vida.

Assim como também esses 3% valiam mais em termos financeiros, do que os 97% valiam juntos.

Nos meus eventos ao vivo, tenho feito uma pergunta semelhante aos meus alunos e às plateias das palestras.

O percentual de pessoas que não “ergue a mão” quando pergunto quem tem metas definidas e escritas no papel é imenso. Talvez chegando ao mesmo percentual de 97% das pessoas que encontro.

E olha que são pessoas com excelente formação e trabalham em empresas de primeira linha, na sua maioria em cargos de gestão.

Quando pergunto às pessoas sobre sua principal meta, escuto muito a tradicional resposta: “Ser feliz”. O que me impressiona é o quanto as pessoas confundem o conceito de felicidade.

Aristóteles escreveu, há mais de 2 mil anos que “a felicidade é uma condição, não é algo que se conquista por meio de perseguição direta, mas o resultado do nosso engajamento em atividades que têm um propósito”.

Se a meta “ser feliz” não é válida, então qual a principal meta na vida?

Que pergunta complicada e difícil de encontrar a resposta!

Você já esteve envolvido em algum projeto que lhe consumiu de tal maneira, que esqueceu de praticamente todo o restante da vida?

Pois bem, aí está o primeiro indício que poderia estar muito perto da definição da sua meta da vida.

Quando você percebe que está com toda a potência do mundo para realizar algo, sua mente fica focada a tudo e a todos que possa te conduzir até onde deseja.

Minha meta – Experiência pessoal

No ano passado, em março eu estava bem acima do peso, com 101 kg e me sentindo extremamente incomodado com aquela situação.

Então, foi quando resolvi definir a meta de correr a Volta da Pampulha, uma prova de 18 km em Belo Horizonte – MG.

Mesmo não conseguindo correr sequer 1 km iniciei os treinamentos, com foco naquela meta que se transformará em “meta da minha vida”.

Durante o ano fui treinando e melhorando meu condicionamento. Participei de provas de 5, 8 e 10 km até realizar a volta da Pampulha, em 4 de dezembro, em 1h52m.

Logo depois da prova, para manter aquela sensação de desafio, já me inscrevi na minha primeira meia maratona, para o dia 22 de janeiro.

Fui lá e realizei a prova também com um tempo bom – 2h09m, o melhor de tudo, com 13 kg a menos. Sim, em janeiro eu estava com 88 kg.

Zona de conforto

Porém, depois desta prova de janeiro, não me inscrevi em nenhuma outra prova. É incrível a sensação de vazio que paira sobre meus pensamentos.

Criando uma zona de conforto nesta área específica da prática de treinos de corrida. Só me deparar com a falta de uma meta definida e descrita especificamente no papel.

A zona de conforto nos faz relaxar, para de “lutar” por algum propósito, e as consequências são óbvias.

A maioria das pessoas que conheço e que observo está numa zona de conforto. Seja nas relações sociais, nas relações com clientes de coaching e nas empresas onde realizo projetos de desenvolvimento.

Percebo pessoas que estão conformadas com seu peso, com seu salário, com seu estilo de vida etc. Zona conforto obviamente é ausência de desafios e/ou metas.

Assim, a principal meta da sua vida é aquela que fará você brilhar os olhos novamente.

Ter vontade de acordar cedo para chegar mais perto de realizá-la, e que a importância é muito grande para você.

Aliás, pessoas felizes são aquelas que acreditam que vieram ao mundo para realizar algo maravilhoso na vida.

Elas estão sempre com a visão de futuro voltada para alguma meta da sua vida. Esta deve acontecer num momento futuro e isto as faz mais radiantes e felizes.

Então… Se você gostou deste artigo, deixe seus comentários aqui no blog. Vamos gostar do seu feedback sobre o tema Meta na Vida!

 

Seja como grandes líderes, defina metas para sua vida. Aprenda agora:

Conheça Nosso Curso de Líderes

 

Conheça as 15 Competências do LÍDER

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *