Desenvolva sua orientação para resultados

Tempo de leitura: 6 minutos

Buscar resultados necessita de planejamento. Buscar orientação para resultados nas empresas necessita de planejamento organizacional.

Ninguém sobrevive sem metas. Nem as pessoas e nem as organizações. Mas, para isto, é necessário planejamento e foco.

É necessário que as pessoas e organizações possuam a capacidade de visualizar suas metas e objetivos que pretende atingir, buscar os resultados esperados, dentro dos prazos e expectativas planejados.

Ter metas claras, conhecidas por todos, é ter uma visão clara do que está por vir, no mesmo instante em que se constrói esse futuro.

Orientação para resultados

Orientação para resultados é uma competência que se origina da capacidade de elaborar, pensar e estruturar uma boa meta.

Mas é importante que essa meta não seja unicamente sua, mas de toda a sua equipe, em um comprometimento integral pelo alcance de suas soluções.

Vou te apresentar, agora, 5 tópicos que farão com que as chances de suas metas se transformarem em realidade aumentem, e muito. Assim, o seu objetivo deve ser:

1. Positivo/positiva – todo objetivo, toda meta precisa ser positiva

É fundamental que o olhar sobre determinado problema ou meta não seja voltado para o problema em si, mas para sua solução ou alcance.

Quando o objetivo é solucionar determinado problema, de nada adianta menosprezá-lo, dizendo que ele não é um problema sério.

A única chance de superar essa dificuldade ou problema é voltar todas as energias para determinar o que fazer com esse problema ou como resolvê-lo.

O foco deve ser, sempre, a solução do problema.

2. Específico

Estabeleça objetivos claros! Não é possível trabalhar sem metas e prazos a cumprir, pois isso não seriam objetivos, mas sonhos!

Estabelecer metas importa em estabelecer prazos para sua consecução:

  • Quando vou começar?
  • Quando vou terminar?
  • Mensurar/esclarecer/detalhar o que precisa ser feito. Essas ações evitam retrabalhos e trabalhos perdidos e fora do prazo de entrega.

3. Verificável

É preciso possuir indicadores, pontos de verificação, que possam identificar mostrar a real situação do alcance da meta.

O acompanhamento dos indicadores pode mostrar onde e quando acelerar ou mudar para que os objetivos possam ser alcançados.

Os indicadores devem ser acompanhados dia a dia, semana a semana, mês a mês, para que não haja surpresas desagradáveis próximo à entrega do que foi planejado.

Por isso, é fundamental estabelecer e construir indicadores de andamento fortes, fáceis de analisar e de fácil compreensão por toda a equipe.

Quem se motivaria a conseguir algo pelo qual não tem nenhum interesse?

A relevância tem a ver com o valor e a importância que você e a sua equipe dão aos objetivos/metas.

Você, como líder, deve esclarecer, à sua equipe, a importância e a relevância de alcançar os resultados esperados!

As organizações devem trabalhar seu planejamento organizacional de forma que os gestores e seus liderados entendam qual a diferença que o alcance dos objetivos trará para eles e para a empresa.

Se a relevância e o entendimento dos objetivos não forem repassados para todos os membros da equipe, esta não se comprometerá.

É importante fomentar a reflexão individual sobre a relevância do alcance dos objetivos para minha vida, minha equipe, meu trabalho e minha empresa.

Quando descobrimos a relevância pessoal dos objetivos a serem alcançados, este entendimento deve ser multiplicado para toda a equipe.

E, agora entendendo pessoalmente a relevância dos objetivos e metas, repassar esse entendimento, para a equipe, soará mais verdadeiro e mais fácil de ser realizado. Agora, é só pagar o preço!

4. Pagar o preço

Ninguém paga o preço de uma coisa sem importância para si mesmo.

A pessoa tem que entender a importância do que está fazendo ou sendo orientada a fazer, de outra forma ela não renderá o esperado.

A importância que que é dada aos objetivos e metas pode fazer, até, com que as pessoas deixem de lado outras preocupações e priorizem o objetivo em questão.

5. Depende de você

E, finalmente, o comprometimento. A responsabilidade. Metas e objetivos precisam ter um “dono”, um responsável por acompanhar os indicadores.

Metas e objetivos necessitam de alguém que assumam a sua “paternidade”. “Panela em que muitos mexem, a comida ou sai insossa ou sai salgada”.

Aliás, é necessário que exista uma pessoa a quem se possa cobrar por cada etapa a ser concluída para o atingir o objetivo final e entregar o resultado, dentro do prazo previsto e acordado. Foco! Meta!

Orientação para resultados é, enfim, ensinar à sua equipe e a si mesmo a trabalhar com foco em metas, objetivos e indicadores, através de um planejamento factível, a partir do comprometimento de todas as partes envolvidas. Simples assim.

Entendeu o que é orientação para resultados? Deixe seu feedback nos comentários!

Continue se desenvolvendo, conheça outros materiais que te ajudarão a alcançar o cargo de liderança:

Conheça Nosso Curso de Líderes

 

Conheça as 15 Competências do LÍDER

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *