Os 7 hábitos das pessoas altamente eficazes

Tempo de leitura: 5 minutos

Com um título muito instigante, o livro “Os 7 hábitos das pessoas altamente eficazes” de Stephen Covey, faz-nos querer ler e não parar mais.

A obra é baseada nos critérios para o sucesso na Ética do caráter. Incluindo atributos como a integridade, humildade, fidelidade, coragem, justiça, paciência, simplicidade e modéstia. Ou seja, o princípio básico é fazer aos outros o que desejamos que nos façam.

Ademais, também se fundamenta na Ética da Personalidade, visando o crescimento, treinamento em práticas de comunicação e educação no setor de influências estratégicas e pensamento positivo.

Afinal, o autor quer ressaltar que o que somos transmite de forma muito mais assertiva o que dizemos ou fazemos.

Para criar uma harmonia, Covey criou os 7 hábitos que têm as pessoas altamente eficazes. Na sequência, conheça cada um deles:

1º Hábito: Seja proativo!

Uma pessoa proativa, como cita a obra, precisa ser responsável por sua vida. Tendo a capacidade de controlar seus sentimentos e pensar como agir diante de certas situações.

Desta forma, a linguagem que utilizamos é muito importante. Ela se torna um indicador real de nosso comportamento. Demonstrando se nossas escolhas são conscientes ou reativas.

Assim, os nossos pensamentos e ações devem ser conscientes e baseadas em nossos valores pessoais. Sempre antes de agir, internalizando e pensando cuidadosamente na melhor forma de responder às situações.

2º Hábito: Comece com o objetivo em mente!

Este hábito deveria se tornar essencial na vida de quem pretende ser grande. A cada novo dia, devemos começar com novos objetivos. Guiando os passos que devemos cumprir ao longo da semana.

De modo geral, cada componente de nossa vida deveríamos analisar o que realmente é mais importante, tendo uma perspectiva da vida como um todo. Na vida profissional, tudo se inicia com o planejamento das estratégias. Somente depois elas são colocadas em práticas.

Afinal, liderar é criar as coisas certas e administrar é criar as coisas do jeito certo. Para começar com um propósito em mente, desenvolva uma filosofia pessoal.

3º Hábito: Primeiro o mais importante

O terceiro hábito diz respeito à prática do gerenciamento pessoal. Tem como pré-requisitos os Hábitos 1 e 2, já citados neste texto.

Quando definimos o que é mais importante, fazemos o gerenciamento do nosso tempo no dia-a-dia, a cada momento. Selecionando as prioridades a serem feitas e solucionadas primeiro.

Uma sugestão é fazer uma planilha das tarefas urgentes e não urgentes, classificando-as como importantes e não importantes.

Urgente significa que necessita de nossa atenção imediata. O que é importante tem a ver com os resultados que colaboram para o cumprimento de nossa missão, nossos propósitos e valores.

4º Hábito: Pense em Ganha-Ganha

O autor define o Ganha-Ganha como um estado de espírito que procura continuamente o benefício mútuo em todas as interações humanas. Ou seja, todos os integrantes se sentem bem com a decisão. É certo que o objetivo final é, em geral, a melhor maneira.

Ademais, em sua obra é explicitado que para se obtiver soluções Ganha-Ganha é necessário um processo composto por quatro fases, são elas:

  1. ver o problema do ponto de vista do outro;
  2. identificar as questões-chave e as preocupações envolvidas;
  3. determinar os resultados aceitáveis;
  4. identificar as novas opções possíveis para atingir esses resultados.

5º Hábito: Procure Primeiro Compreender, Depois ser Compreendido

Essa mudança é muito significativa, justamente porque é um desafio para quase todos os seres humanos compreenderem o outro, para depois ser compreendido.

A chave para isso é ser empático ao escutar uma pessoa, isso o leva a uma comunicação assertiva. Objetivando o foco no aprendizado de como a outra pessoa vê o mundo e como se sente.

Escutar o outro não significa concordar, mas sim compreender como esse indivíduo se sente seja de forma emocional ou intelectual.

6º Hábito: Sinergia

Segundo o que menciona o autor, sinergia significa que o todo é maior do que as partes. Ela acontece quando as pessoas deixam de lado suas conversas monótonas e se dispõem a praticar uma cooperação criativa. Assim, exercem uma compreensão genuína, onde as pessoas encontram soluções que são melhores do que achariam agindo sozinhas.

7º Hábito: Renovação

O último item na lista dos 7 hábitos das pessoas altamente eficazes, fala sobre preservar e melhorar seu bem mais precioso, que é você. Trata das quatro dimensões de sua natureza, Covey afirma que as dimensões física, espiritual, intelectual e emocional devem ser exercidas com regularidade, de forma equilibrada e sensata.

1 – Dimensão física: ingerir alimentos adequados, descansar e relaxar e praticar exercícios regularmente;
2 – Dimensão espiritual: oração, meditação e leituras espirituais;
3 – Dimensão intelectual: desenvolvimento permanente do intelecto através da leitura, seminários e da escrita;
4 – Dimensão emocional: vinculada aos relacionamentos com os outros, e através deles se manifesta.

Crie hábitos que fortalecerão a sua liderança!

Quer ser uma pessoa e um líder mais assertivo e conquistar resultados ainda mais expressivos em sua vida? Este é o momento certo para você se desenvolver e saber como lidar com gente.

Então, na aula gratuita que estou disponibilizando no link abaixo, você vai aprender Técnicas e Ferramentas de Coaching PNL, conteúdos necessários para o seu crescimento como pessoa e como líder.

Assista:

Aula Gratuita de Coaching PNL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *