Relacionamento interpessoal no trabalho

Tempo de leitura: 6 minutos

O relacionamento interpessoal é a interação que ocorre entre duas ou mais pessoas dentro de um ambiente de convívio.

Quando este ambiente é o local de trabalho, as relações tendem a ficar mais estreitas, afinal boa parte da vida do indivíduo funciona ali dentro daquela organização.

Mas essa proximidade também afeta a qualidade das relações que pode pender para o lado negativo.

Porque nem sempre as pessoas se dão tão bem quanto gostariam ou quanto a empresa necessita.

Enfim, para construir um bom relacionamento interpessoal no trabalho é preciso, antes de tudo, estar disposto a compartilhar.

Dividir momentos, situações e resoluções de problemas. Gostar de pessoas também é fundamental.

Se esta for a parte mais difícil, saiba que precisará modificar suas vontades se tiver interesse real de crescer dentro do seu local de trabalho.

Aliás, trabalhar em equipe é uma das principais exigências de toda e qualquer organização.

Níveis de relacionamento interpessoal

O relacionamento interpessoal no trabalho não se constrói de uma hora para outra. Ela sempre tem um início e esse começo é a base para uma relação sólida e de confiança.

Nível 1: Segurança

Ao se relacionar com alguém pela primeira vez, é natural que a pessoa esteja um pouco retraída, desconfiada e sinta-se ameaçada. Esta é a etapa em que a segurança deve ser construída e fundamentada.

Nível 2: Empatia

Colocar-se no lugar do outro para, a partir daí, garantir credibilidade e confiança às relações.

Quantas vezes você passou a gostar mais de alguém depois de saber mais sobre tudo que ela já passou na vida? Isso é empatia. E funciona também na vida pessoal.

Nível 3: Confiança

Confiar em alguém só é possível quando você está seguro em relação a ela.

Além disso, você se põe no lugar da pessoa, se imagina naquela situação e constrói uma relação senão de amizade, ao menos de carinho e consideração.

Como melhorar a relação interpessoal no trabalho

Empatia

Um profissional preocupado em desenvolver uma relação saudável e de confiança com seus colegas deve ter uma qualidade que chamamos de empatia.

Empatia significa se colocar no lugar do outro e tentar entender e sentir o que o outro pensa, sente, por que se comporta daquela forma etc.

Ademais, construir relações empáticas é fundamental para que as duas ou mais partes envolvidas nas relações de trabalho consigam conquistar a confiança de cada uma.

Essa confiança reflete de forma positiva nas obrigações e tarefas diárias de cada um na função que exerce e também na vida pessoal.

Aplique a técnica do 10, 10, 10

Esta técnica consiste em uma tarefa aparentemente simples, mas muito necessária para evitar possíveis atritos entre pessoas e garantir um bom relacionamento interpessoal no trabalho.

Funciona da seguinte forma: tudo o que você fizer ou disser dentro do seu ambiente de trabalho e para os seus colegas deve ser analisado dentro da estimativa de tempo 10, 10, 10.

Quais serão os efeitos das minhas atitudes e palavras em 10 minutos? E em 10 meses? Qual será o reflexo e as consequências de tudo que foi dito e feito daqui a 10 anos?

Assim, estas perguntas e as respostas, podem transformar relações. Quantos relacionamentos se perdem, dentro e fora de um ambiente profissional, por conta de palavras ou gestos impensados.

Por quanto tempo estas atitudes impensadas podem pairar no ar e comprometer novas relações, novos compromissos e impedir situações proveitosas e eficientes para a empresa.

Igualmente, experimente utilizar esta técnica em seu ambiente de trabalho e perceba como algumas situações podem, de repente, perder todo o sentido.

Como manter o equilíbrio entre vida pessoal e vida profissional

O seu desempenho e desenvolvimento no trabalho têm muito a ver com a satisfação da sua vida pessoal fora dele.

Para evitar que um interfira no outro, tome as rédeas da situação e procure manter o equilíbrio necessário entre a sua vida pessoal e profissional.

Uma dica é não levar trabalho para casa. Além de ser muito estressante ainda compromete o tempo que você tem para se dedicar à família.

Afinal, falando nisso, estabeleça uma rotina em que haja espaço para interagir com amigos e família. É uma forma de recarregar as baterias.

Enfim, procure se manter fisicamente ativo praticando atividade física com regularidade. Complemente com alimentação de qualidade e tenha uma vida saudável.

Tenha um hobbie e dedique-se a ele com frequência. É importante que o cérebro se desligue de vez em quando de assuntos ligados a trabalho.

Gostou do assunto de hoje? Compartilhe conosco as suas opiniões. Um forte abraço e nos vemos no próximo encontro.

 

Saiba mais sobre o assunto, conheça nosso curso e nosso e-book:

Conheça Nosso Curso de Líderes

 

Conheça as 15 Competências do LÍDER

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *