Você Conhece a Minha História?

Tempo de leitura: 8 minutos

Me chamo Alexandre Fortes, aos 26 anos, depois de iniciar minha carreira aos 12 ajudando meu pai em um mercado, trabalhar como office-boy, fazer estágio na Caixa Econômica Federal, e passar pela contabilidade durante 9 anos, formado em Ciências Contábeis, exercia a função de assessor de marketing em uma grande empresa do agronegócio, quando recebi um desafio do proprietário da empresa. O convite era para assumir meu primeiro cargo de gerente, e pior já seria uma gerência corporativa, que envolvia muitas áreas e unidades da empresa, que tinha atuação nacional, no competitivo mercado do agronegócio.

Lembro das primeiras reuniões que coordenei, onde para segurar uma folha de papel na mão era visível meu nervosismo, tamanha a tremedeira e a insegurança. Como forma de proteção, talvez, meu chefe propôs que meu salário não fosse ajustado num primeiro momento, uma vez que se não desse certo minha promoção, poderia me “devolver” para o cargo anterior. Foram meses e meses trabalhando no limite, literalmente noite e dia, nos finais de semana, e pensando em desistir daquele verdadeiro tormento de resolver problemas, administrar conflitos, lidar com pessoas, e o pior, tomar decisões sem estar me sentindo seguro para tal. Delegar então, não acontecia mesmo, pois acabei centralizando tudo, para ter controle do que estava acontecendo, e de certa forma, para me sentir importante, resolvendo todos os problemas.

Muitas e muitas noites de sono foram substituídas, naquela época, por reflexões sobre como resolver os conflitos entre as pessoas da minha equipe, como atender uma demanda dos clientes internos ou externos, como satisfazer a expectativa do meu chefe, que era um empresário exigente.

Foi nesta época da minha vida que mais me dediquei aos estudos, leituras dos mais de cem livros sobre gestão de pessoas, estratégia, processos, ferramentas de gestão, seminários e cursos dos mais variados, além do aprimoramento no idioma Inglês e um pouco do Espanhol.

Conhecer pessoas que já exerciam função de gerência e direção também foi importante, além de participar de comitês em órgãos de classe (verdadeiros masterminds), além de ter um bom Inglês talvez tenham sido os fatores que colaboraram para eu ser convidado a assumir uma posição de diretor na holding do grupo empresarial onde trabalhava, aos 29 anos de idade, no mesmo momento que coordenei a mudança de toda a estrutura administrativa e estratégica do grupo para uma capital, cidade distante e muito maior, com diversos desafios de ajustes culturais na forma de pensar e agir, e principalmente liderar pessoas, processos e negócios.

Com a nova realidade, nova responsabilidade e desafios cada vez maiores, percebi que se eu não estivesse muito preparado, seria literalmente engolido por outros profissionais, muitas vezes mal-intencionados, naquela selva corporativa, onde a sobrevivência não é simples, e é para poucos. Hoje agradeço a cada profissional que tive a honra de trabalhar junto, pois ao me deparar na mesma mesa de reuniões com outros diretores e empresários com bagagem trazida de décadas de experiências em multinacionais, percebo que aprendi muito com cada um.

Novamente me deparei com a necessidade de buscar mais preparação, desenvolver novas habilidades para poder lidar com os desafios que uma diretoria corporativa nos apresenta, principalmente em um momento de mudança cultural intensa em uma organização, além do período turbulento em que passávamos por uma crise no agronegócio e na economia do país, lá pelos anos de 2001 a 2006. As formações em PNL, Coaching, Teatro e o MBA na FVG talvez tenham sido os principais marcos da minha sobrevivência, uma vez que estava municiado de elementos no meu comportamento e forma de pensar, para encarar as situações nada confortáveis e simples de encarar e resolver.

A empresa em que trabalhei meus últimos 13 anos como empregado, teve um crescimento no seu faturamento de centenas de milhões de reais durante minha passagem por lá, obviamente não foi somente meu trabalho que gerou esse resultado, haviam profissionais brilhantes por lá, mas participei como protagonista no redesenho da cultura empresarial, do modelo de gestão estratégia e da gestão de pessoas, bem como da infraestrutura para suportar tamanho crescimento.

Pensar que aos 26 anos eu nunca imaginara passar por todos esses desafios, como os aprendizados que vim arrecadando pelas curvas do caminho. Construir uma carreira de gestão e liderança também me proporcionaram alguns feitos, que sem o recurso financeiro, visão de mundo e maturidade que ganhei nestas posições, seriam impossíveis de realizar, como: alguns carros importados e premium que tive, viagens internacionais, atravessar o Deserto do Atacama de moto, me tornar piloto de planador e avião, amizades pra toda a vida, além do meu escritório e minha casa com mais de 300 metros quadrados, onde minha família se mantém unida e feliz.

No entanto, em determinado momento entendi que seria fundamental para minha história poder compartilhar minhas experiências e conhecimentos com outras pessoas. Também deixava de fazer sentido correr atrás dos sonhos dos outros, e definitivamente começar a trilhar o caminho dos meus sonhos, agora transformados em objetivos claros. Foi quando fundei minha empresa – a Alfafox – totalmente focada no desenvolvimento comportamental de profissionais, e principalmente líderes, desde 2005.

Claro que para esse desafio também busquei aprendizado, inspiração e a mentoria de grandes profissionais, observei outras empresas do mercado, trabalhei em projetos praticamente de graça, com o objetivo único de aprender e ganhar experiência para depois traduzir tudo isso em um propósito único para mim e para minha empresa: “Ir em busca da felicidade, ajudando outras pessoas e empresas a encontrarem os seus caminhos para a felicidade” – fazer isso é simplesmente inspirador e o maior motivo que me mantém motivado todos os dias.

No início da minha empresa, quando troquei a rotina em uma empresa com estrutura enorme, e exercendo um cargo importante e bem remunerado, para começar um negócio do zero, conquistar a confiança de clientes extremamente exigentes, criar serviços e soluções eficazes, e sobreviver com o mesmo padrão de vida, foi necessário revisar todos os aprendizados da jornada, e literalmente construir uma nova carreira, uma nova marca empresarial e pessoal.

Desde 2005 já passei por muitas experiências como empreendedor, e nunca vou esquecer dos primeiros clientes que visitei, e da primeira pergunta que todos faziam: “Onde você já realizou algum treinamento ou projeto de coaching”? – Imagine a situação! Sem referências e sem experiência no ramo, foram dias de muito aprendizado e superação. Foi como experimentar sair da famosa “zona de conforto” e cair de cara no caos.

Já são mais de 3.000 sessões de coaching realizadas, mais de 1.000 eventos realizados presencialmente, e mais de uma centena de empresas atendidas, com resultados significativos.

Alexandre Fortes

Desde a abertura da Alfafox já percorri mais de 500.000 km de automóvel para realizar projetos de desenvolvimento de pessoas, conheci milhares de pessoas (mais de 20.000 alunos) atuei em todas as regiões do Brasil, principalmente na região Sul, e o mais importante, fiz milhares de novos amigos por onde passei.

Agora, 12 anos depois da fundação da Alfafox, chegou o último dos desafios que foi criar as mesmas experiências e soluções que realizei para o desenvolvimento de pessoas e líderes no mundo presencial, agora no ambiente virtual, por meio dos cursos e programas de coaching online, ao mesmo tempo que compartilhar conhecimentos e reflexões no meu blog – com muitos artigos sobre Liderança, Coaching e Alta Performance; e meu canal do Youtube – com mais de 100 vídeos contendo dicas e orientações sobre liderança.

Desde o final de 2016 comecei a dedicar um tempo para a criação do primeiro curso online – já tenho três cursos –  o LIDERANDO GENTE, e este tem o propósito de preparar qualquer pessoa para exercer o papel de gestor e líder de pessoas, ensinando desde como selecionar e recrutar uma equipe, passando pela liderança situacional na formação de competências, a definição de metas e planejamento, direcionamento e motivação, feedback e acompanhamento, até como elevar qualquer equipe ao status de Alta Performance.

Alexandre Fortes

 

No curso está muito do que aprendi durante minha jornada, explicado de maneira prática e direta, em aproximadamente 45 aulas em vídeos, além da disponibilidade de diversas ferramentas em PDF, para o aluno baixar e aplicar imediatamente.

Trata-se de um passo a passo para a transformação rápida, sólida e definitiva de um profissional em um Líder e Gestor de Pessoas.

Você agora, pode conhecer e aproveitar uma condição exclusiva com 40% de desconto, somente por alguns dias, e especialmente para você que chegou até aqui na minha história.

CLIQUE E APROVEITE A OPORTUNIDADE

1 comentário


  1. Excelente o texto da tua trajetória profissional Alexandre! Profissional exemplar e um baita Coach. Tive oportunidade de ser coachee e realizar seus cursos on line. Vale muito a pena, teu conhecimento nos alimenta na busca da alta performance. Forte abraço.
    João Alexandre

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *